Cultura, Pensamentos

Livros que mudaram minha vida

Ao longo de nossas vidas, coisas passam por elas e nos marcam. Na minha, houveram livros que mudaram minha vida após a sua leitura. É muito gostosa a sensação de apreciar uma obra e ter a certeza que ao fechar o livro você saiu daquele universo como uma nova pessoa, com novos aprendizados, conhecimento e uma nova perspectiva de vida. Dos mais simples, até os mais complexos textos, quase todos eles tem algo a nos dizer, conversar com o autor e absorver toda seu conhecimento é algo divino que só os livros podem nos oferecer.

Por isso, fiz uma lista de alguns livros que marcaram minha vida até esse momento, claro que houveram outros, porém esses foram elementos chave para a minha formação e para quem eu me tornei hoje.

 

Harry Potter

Sim, vou começar com Harry Potter, porque eu acho que foi a porta de entrada pra embarcar nesse mundo espetacular da leitura, eu me lembro que minha mãe não gostava muito da franquia, por isso eu lia escondido em casa ou na escola nas horas vagas, sempre com cópias emprestadas por amigos. Posteriormente, passei a pegar livros de bibliotecas sempre conseguin um jeito de ter o novo lançamento do mundo magico em mãos.  Não sei se ele estará lendo esse post, mas, OBRIGADO FELIPE por contrabandear Harry Potter em minha vida! As lições que aprendi com o Harry, certamente coloquei em pratica na minha vida, desde aquela época e ate hoje. Aprendi o valor de uma verdadeira amizade, o que é compaixão, o valor real do que é o amor. Acredito que todos, independente da idade, deveriam ler ao menos uma vez os livros da franquia. Se você for pai pode ser uma ótima estrategia para inserir no cotidiano de seu filho esse mundo tao fantasístico que pode ser a literatura.

 

Memórias Póstumas de Brás Cubas

Não poderia deixar de citar nessa lista o meu livro favorito, do meu autor predileto, Memórias Póstumas de Brás Cubas foi um livro que li e reli diversas vezes. Eu o li a primeira vez no ensino fundamental e reli anos mais tarde pro vestibular, e todas as vezes foi tipo “WOW!”, quando percebi já estava apaixonado perdidamente. Sua forma de escrita, os comentários sobre a vida, os tapas na nossa cara que nos fazem nos dar conta de como somos e como vemos. Uma total desconstrução da ideia de mundo simplesmente perfeito. sem duvida um livro que causou um grande impacto em minha vida.

É após a morte que Brás Cubas decide narrar suas memórias. Nesta condição, nada pode suavizar seu ponto de vista irônico e mordaz sobre uma sociedade em que as instituições se baseiam na hipocrisia. O casamento, o adultério, os comportamentos individuais e sociais não escapam à sua visão aguda e implacável, nesta obra fundamental de Machado de Assis.

 

O Príncipe

Um livro amado e odiado, talvez na mesma proporção. criando antagônicos natos por essência de concepção, não que eu necessariamente concorde ou apoie tudo que esteja escrito no livro, mas certamente, é uma leitura que mudou minha vida e acho que, tanto ele, quanto o Manifesto do Partido Comunista de Karl Maxx são oras todos deveriam ler pois, ambas leituras tem uma carga de opinião intensa que certamente fara com que você desensolva sua própria opinião e pensamento ideológico.

Se O Príncipe figura como uma das obras de maior influência da humanidade, os comentários feitos por Rainha Cristina Wasa da Suécia e Napoleão Bonaparte aparecem para enriquecer a obra que se tornou livro de cabeceira dos maiores líderes do planeta. O Príncipe, o maior tratado político de todos os tempos, escrito, provavelmente, entre julho e dezembro de 1513, por Nicolau Maquiavel, não envelhece nunca. Desta vez, o valor dessa publicação não fica reservado aos seus 26 capítulos e aos comentários de Napoleão, a novidade fica por conta das notas feitas pela Rainha Cristina da Suécia, uma mulher à frente do seu tempo, que mostra que não é de hoje que a mulher possui influência marcante no cenário político.

 

Alice no Pais das Maravilhas

Todos conhecem essa história. Seja pelo livro original na integra, ouvido na escolinha da professora ou em livros compactos de séries infantis. Filmes e jogos ao monte existem no mercado, pois essa, é uma grande obra que reflete o quão complexa é a mente humana e as relações sociais.

Lewis Carrol foi um escritor que conseguiu usar de metáforas para expressar a maneira com que lidamos com nossos problemas cotidianos. Se foi sonho ou realidade, essa é uma pergunta difícil de responder, entretanto sabemos que cada um irá interpretar de uma maneira diferente todas as desventuras que Alice passou pelo País das Maravilhas.

 

Alice no País das Maravilhas imortalizou-se na literatura mundial como uma fábula capaz de encantar adultos e crianças. Uma ficção sem igual que se tornou sucesso há mais de cem anos e ainda hoje é um clássico obrigatório para leitores de todas as idades.
O livro conta a história de uma menina curiosa que decide seguir um coelho branco, quando de repente cai em sua toca e é levada a um reino onírico, onde convive com criaturas estranhas e se envolve nas mais inusitadas aventuras. Neste universo inesperado, não há limites entre sonho e realidade.
Mais do que uma obra ficcional-juvenil, Alice no País das Maravilhas é uma alucinante viagem por um mundo nada óbvio em que imaginação, desafios de lógica, jogos de palavras e situações nonsense combinam-se de maneira única e inesquecível.

 

O Pequeno Príncipe

O livro infantil mais adulto que eu conheço, com conceitos e valores que não podem ser expressados em uma frase, mesmo que ele tenha se popularizado com frases que certamente você já ouviu como:

“Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.”

“As pessoas são solitárias porque constroem muros ao invés de pontes.”

“É loucura odiar todas as rosas porque uma te espetou.”

e muitas outras, mas eu acho que alem de todas as frases e lições, acredito que a maior delas é a de ver a simplicidade nas coisas que muitas vezes não paramos e não observamos, faça mais como o pequeno príncipe e passe a observar.

Um livro atemporal que uma criança pode ler e tirar lições e o mais sábio ancião leria e também aprenderia algo novo com o nosso pequeno príncipe!

 

Livro de criança? Com certeza.
Livro de adulto também, pois todo homem traz dentro de si o menino que foi.
Como explicar a adoção deste livro por povos tão variados, em tantos países de todos os continentes? Como explicar que ele seja lido sempre por tanto milhões e milhões de pessoas? Como explicar a atualidade deste livro traduzido em oitenta línguas diferentes?
Como compreender que uma história aparentemente tão ingênua seja comovente para tantas pessoas?
O Pequeno Príncipe devolve a cada um o mistério da infância. De repente retornam os sonhos. Reaparece a lembrança de questionamentos, desvelam-se incoerências acomodadas, quase já imperceptíveis na pressa do dia a dia. Voltam ao coração escondidas recordações. O reencontro, o homem-menino.

 agora me conta, quais livros marcaram sua vida?

 

Posts Relacionados

Previous Post Next Post

You Might Also Like