Filmes & Séries

Resident Evil – Maratonando os Filmes #4

Após 3 filmes, já podemos perceber certos modismos que o diretor gosta de usar em seus filmes que permeiam e permanecem recorrentes e com marca registrada. No caso de Resident Evil podemos assinalar vários.

Nesse post irei falar de Resident Evil – Recomeço, lançado em 2010.

Vamos começar pelo uso de câmera lenta, em várias cenas de ação o uso da câmera lenta é frequente, a impressão que tive é que se acelerasse as cenas, teríamos um curta de 40 min.

A partir desse filme vemos claramente o uso de fotografia direcionada para o uso de 3D, com armas, indo em direção ao telespectador.

Após o fim do terceiro filme que nos dá a clara visão de que o mundo acabou, temos aqui a certeza de que a devastação foi iminente.

Em um mundo devastado pela infecção por um vírus que faz com que suas vítimas se tornem zumbis, Alice (Milla Jovovich) segue sua jornada em busca de sobreviventes. O confronto com a Umbrella Corporation atinge um novo nível, o que faz com que Alice receba a inesperada ajuda de um velho amigo. Los Angeles aparenta ser um local seguro para os não-infectados.(Adorocinema)

O filme aborda mais a questão humana, o quão longe iremos pela nossa sobrevivência em situações extremas e necessárias. Apesar de não ser uma grande produção, ele merece destaque por permanecer com os mesmos elementos dos games que deram origem aos filmes, algo não muito comum nas adaptações de games para o cinema.

Posts Relacionados

Previous Post Next Post

You Might Also Like