Pensamentos

Você já ligou seu piloto automático?

Quem vê essa imagem pode imaginar:

“Nossa! que mãe atenciosa! ”

“Uau! Que pai competente! ”

“Que estudante aplicado! ”.

Já dizia o antigo ditado romano: Mens sana in corpore sano (mente sã num corpo são), ou seja, interpretando de maneira livre significa que para estarmos 100% bem, devemos encontrar o equilíbrio entre corpo e mente. Devemos exercitar e estimular ambas as partes.

Contextualizando para os dias atuais, podemos dizer que temos que fortalecer o físico indo à academia, praticar algum esporte ou até mesmo fazer uma caminhada e ao mesmo tempo fortalecer o intelecto indo trabalhar, estudar, escrever, e por aí vai…. Seria um estilo de vida ideal e tão almejado pela sociedade atual conseguir fazer todos esses itens.

Contudo, até que ponto estamos REALMENTE, em um mundo fluido, dinâmico e prático, trabalhando a mente e o corpo?

Vamos fazer uma simulação, OK?

Vamos imaginar um empresário bem-sucedido, um CEO de uma empresa.

Tudo bem até aqui?

Ele acorda, vai a academia, depois vai a uma reunião de negócios pela manhã, almoça com a esposa em um restaurante próximo ao trabalho de ambos. No período da tarde vai até a escola da filha na reunião de pais e mestres, o professor reclama das notas e disciplina da filha, ele promete resolver a situação. Volta ao emprego, termina de resolver assuntos pendentes. Volta para casa no final da tarde, faz o jantar junto com sua esposa, jantam, assistem uma serie na TV e antes de dormir ainda faz relações sexuais com sua esposa.

Você pode imaginar: “Nossa que homem incrível! ”. Porém, o quanto disso ele fez conscientemente?

Ele de fato resolveu o problema com a filha? Ou ele deixou que o tempo resolvesse, afinal a filha dele é tão comportada, deve até mesmo ser exagero do professor, para ele essa é uma solução fácil e prática.

O mundo tem pedido algo intenso, presente, porem estamos utilizando o piloto automático. Quantas vezes se dá bom dia ao porteiro do condomínio como um habito e não porque realmente deseja um bom dia? Quantos eu te amo não são dados apenas da boca para fora sem o sentimento presente, apenas palavras? Qual a diferença que estamos fazendo na vida de quem amamos ou até mesmo na vida de quem nos cerca? Diz a sabedoria popular: para termos uma vida plena e ser lembrado devemos escrever um livro, plantar uma arvore e ter um filho. Contudo hoje em dia, se pensar literalmente, tudo isso é muito fácil de se realizar! Porém, tanto antigamente, quanto hoje, estar registrado nos livros é o que faz a pessoa ser lembrada. Não precisa ser em um grande livro, basta apenas estar no livro da vida de um amigo, parente ou até mesmo conhecido. Quantas historias sua mãe te contou de uma amiga da mãe ou até mesmo da avó dela.

Qual será sua marca no mundo?

Qual energia que te move no mundo?

Você sente, pensa ou já ligou o seu piloto automático?

 

Posts Relacionados

Previous Post Next Post

You Might Also Like